Música Para Todos

Cooperação para o aumento de qualidade e da

abrangência do ensino musical em Moçambique e Angola

Música Para Todos

O projeto tem o objetivo de desenvolver a capacidade das instituições e dos recursos humanos dos países PALOP (Moçambique e Angola) para prestar serviços de educação de qualidade na área da música, com vista à maior profissionalização do sector da música e criação de oportunidades de emprego no sector da música e de educação musical a longo prazo.

Música Para Todos

1-   Aumento da qualidade do ensino musical em Moçambique e Angola através do fortalecimento da capacidade organizacional e institucional dos parceiros, 

2-    Criação de um projeto piloto de uma nova escola de música em Pemba, Moçambique, 

3-  Aumento de capacidade e empregabilidade dos professores e outros profissionais na área de música em Moçambique e Angola, 

4-  Criação de novos empregos no sector de ensino musical e gestão cultural, com foco nos jovens e nas mulheres/raparigas em particular.

O grupo alvo

- 3 instituições que prestam serviços de ensino musical nos países beneficiários, 

- 30 professores diplomados que beneficiarão de oportunidades de desenvolvimento profissional e estágios

-  30 artistas locais que beneficiarão de capacitações profissionalizantes,

-  10 jovens que beneficiarão de bolsas de ensino na área de música

-  1,000  crianças a beneficiar de iniciação musical e/ou ensino musical elementar / básico em Moçambique e  Angola 

-  Criação de pelo menos 40 empregos durante o seu período de implementação.

-  20 postos de trabalho mantido após o fim do projeto

Duração do projecto: 

Janeiro 2022 - Junho 2024

Os Parceiros 

- Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro (Portugal), 

- Fundação MUSIARTE - Conservatório de Música e Arte Dramática de Maputo (Moçambique), 

- Direcção Provincial de Cultura e Turismo de Cabo Delgado (Moçambique) 

- Fundação Hakuna Matata de Pemba (Moçambique).