História

Fundado em 2013, pelas cantoras líricas moçambicanas Stella Mendonça e Sónia Mocumbi, o Conservatório de Música e Arte Dramática MUSIARTE, único no seu género em Moçambique, tornou-se referência na área da educação musical, oferecendo programas de educação artística à comunidade e actuando como defensor das artes na sociedade, através da sua promoção e criação de ligações culturais entre diferentes povos.

A MUSIARTE integrou-se numa primeira fase nas actividades da SONÇA internacional uma ONG de empreendimento social sem fins lucrativos.

Em 2015 foi assinado um memorando com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano e com a Universidade Pedagógica, transformando assim o projecto piloto em Conservatório de Música e Arte Dramática.

Sobre a SONÇA INTERNATIONAL

SONÇA International é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 1998 na Suíça pela soprano moçambicana Stella Mendonça para promover a MÚSICA e ARTE. O objectivo da SONÇA International é iniciar e desenvolver projectos culturais e educacionais inovadores e sustentáveis. A sua missão é criar novas plataformas para a educação e a cultura com intercâmbios dinâmicos dentro da diversidade de culturas. Em 2011, a SONÇA International foi autorizada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação a exercer as suas actividades nas áreas da educação e cultura na cidade de Maputo.

 

De Metting Cultures à MUSIARTE

Em 2002, após a experiência da produção da ópera Carmen em África em Moçambique, a Cantora Lírica Stella Mendonça inicia os primeiros drafts do desenho do projecto na Suíça. A pianista Maria João Pires ofereceu um precioso contributo. A evolução culminou na ideia do projecto cultural denominado MeetingCultures que foi oficialmente inaugurado em Maputo em 2009. Neste lançamento foi contemplado o lançamento da iniciativa da ópera Terra Sonâmbula com o dramaturgo Henning Mankell e o escritor Mia Coito. A progressão do projecto escola culminou com o seu ínício em 2013, tendo o projecto da ópera sido suspenso.

Várias são as personalidades que contribuíram na maturação do projecto MUSIARTE, nas suas variadas fases. A trajectória actual esta jovem fundação beneficia deste percurso que foi amadurecendo com o tempo e muito estudo.