Screenshot 2021-10-18 at 23.29.34.png

A Nossa História

Caros Amigos

Fundada em 2013, pelas cantoras líricas Moçambicanas, Stella Mendonça e Sónia Mocumbi, o Conservatório de Música e arte dramática MUSIARTE, único no seu género em Moçambique, tornou-se referencia na área de educação musical. 

A MUSIARTE integra-se nas actividades da SONÇA International uma ONG de empreendimento social sem fins lucrativos. 

Os primeiros três anos do conservatório foram exponencialmente desafiantes. Orgulhamo-nos de ter tido a eficácia de aplicam alguns recursos financeiros que a vida felizmente nos proporcionou embora fruto de muito trabalho e sacrifícios. A realização deste sonho brotou em nós uma resiliência até encontrarmos os corações abertos dos nossos digníssimos parceiros ja mencionados. 

Screenshot 2021-10-18 at 23.11.06.png
Screenshot 2021-10-18 at 23.10.55.png

Stella Mendonça

Sonia Mocumbi

Missão 

A missão do Conservatório de Música e Arte Dramática MUSIARTE, é fornecer a mais alta qualidade em educação artística para crianças, jovens, adultos proporcionando a todos uma formação e vivência musical que contribuía para o seu desenvolvimento cognitivo e pessoal. 

Esta caminhada, foi possível com a colaboração dos encarregados de educação, alunos, professores, parceiros e amigos que se juntaram a nossa causa cultural. 

Agradecemos à todos, destacando alguns dos nossos parceiros como: Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, Ministério da Cultura e Turismo, Universidade Pedagógica, Universidade Eduardo Mondlane, Conservatório Agostinho Steffani de Castelfranco Veneto com o programa ERASMUS+ na Itália, Embaixada da Itália em Moçambique, Millenium BIM, Seguradora Ímpar, Internet Solution, Swissolar, MPDC, Teixeira Duarte, Mota-Engil, BNI, BCI, VdA Guilherme Daniel, Brithol Michcoma, Southern Sun, Dr. Pascoal Mocumbi, Dr. Taibo Mucobora, Dra. Carminzé Mucobora, M° Bernardino Beggio, Prof. Dr. Rogério Uthui, Prof. Dr. Jorge Ferrão, Dra. Alda Costa, Sandy Patton, M° Theo Bross, M° Leon Bosch, M° Jeanne-Louise Moolman, Dra. Nora Julian, Ex-Embaixadora Suíça em Moçambique Theresa Adam, Maria Jõao Pires. A todos, a nossa profunda gratidão. 

O que fazemos 

Screenshot 2021-10-19 at 16.28.01.png

A nossa instituição é dedicada ao ensino de música e matérias relacionadas. Assim, cultivamos a arte, ensinamos o domínio da técnica dos instrumentos para expandir a imaginação musical e criatividade. 

O conceito de conservatórios no undo foi fundada em 1537 em Nápoles e estes tinham como objectivo dar instrução as crianças órfans, incluíndo  a prática da música. Com o tempo, os conservatórios tornaram-se instituições vocacionais para a formação profissional da música, artes dramáticas e dança.  Nos finais do século XVIII na França e na Itália surgem os primeiros conservatórios superiores. Assim, os conservatórios modernos passaram por várias reformas, e hoje a maioria conjugam o ensino geral e a música, outros somente o ensino da música até o nível superior. 

Nesta primeira fase a MUSIARTE integra-se como uma instituição vocacionada para o ensino da música, no modelo de conservatórios internacionais que se dedicam a formação musical da primeira infância até a idade adulta, incluindo assim o nível pre-académico, com dois regimes: o regime livre e o regime vocacional, aos que se acrescentam também os cursos específicas de curta duração tais como: cursos de música eletrónica, cursos de utilização de softwares pra composições, masterclasses, workshops, cursos de capacitação para professores de música, entre outros.  

Impacto

Ao longo destes sete anos, o conservatório acolheu mais de 1200 alunos de diversas culturas e idades. Anualmente desde 2016, com o apoio incondicional do Millenium Bim e da Seguradora Impar, mais de 2500 crianças beneficiaram de actividades sociais através das escolas públicas e privadas, orfanatos tais como Casa do Gaiato, Casa da Alegria, Casa Madre Maria Clara e Instituições de ensino especializado como o Centro de Educação e Reabilitação de Cidadão Inadaptados (CERCI), e foram atribuídas ao longo deste período mais de 40 bolsas de estudo para jovens Moçambicanos. 

Screenshot 2021-10-19 at 16.27.48.png

Adicionalmente, o contexto do programa ERASMUMS +, 4 estudantes, 6 professores e 1 administrativo beneficiaram de bolsas e mobilidade para Itália. 

Por outro lado, acolhemos mais  de 48 profissionais internacionais que contribuíram para a formação de jovens talentos através de master classes e aulas; criamos o Moçambique Ciclo Clássico, uma plataforma estruturada para concertos com profissionais com o objectivo de partilhar aspectos didáticos; e realizamos mais de 160 eventos no país. 

A semelhança de todos, a crise do Coronavirus atingiu drasticamente o setor artístico cultural. Porém, impulsionou o use d e plataformas digitais na educação musical, trazendo vantagens com a comparticipação de professores qualificados a nível internacional. 

O rigor e disciplina na gestão da MUSIARTE permitiu-nos fazer face ao ano 2020. 

Resilientes, não sem inquietude, preparamos o ano 2021. Reinventar, criar avançar é a única opção! 

Musiarte Abrange todas ad Idades

Primeira Infância 3 aos 5 anos 

Desenvolvimento cognitivo, memória, habilidades de leitura. 

- Noções rítmicas  e melódicas através de canções. 

- Métodos - Orff, Kodály, Dalcroze, Sizuki, entre outros. 

- 10% dos alunos efectivos

Aulas  Particulares e Aulas em Grupo

Aulas particulares e eme pequenos grupos para alunos de todos os níveis e idades. 

Música nas Comunidades 

Actividades nas escolas públicas, orfanatos, incluindo centro de Educação e Reabilitação de Cidadão Inadaptados. Realizamos eventos que contribuem na vida cultura em Moçambique. 

2,500+  Estudantes, 160+ Concertos públicos 

Bolsas de Estudos

Oferecemos bolsas internas e externas para jovens talentos com potencial para seguir sua carreira. 

40+ Bolsas de estudos. 

Teclado

Screenshot 2021-10-18 at 23.29.42.png

Inventado por Bartolomeu Cristofori no século XVII na Itália, o piano é um instrumento versátil, que rapidamente tornou-se capaz de substituir a redução de um orchestra multi-instrumental. O piano é um ótimo isntrumento para o estudo da percepção msucal. 

No nosso Conservtóririo o piano é introduzido aos 5 anos. Graças ao privilégio do programa ERASMUS+ com o Conservatório Agostinho Seffani de Castelfranco Veneto, Itália, beneficiamos de conselheiro s professores experientes. 

Screenshot 2021-10-18 at 23.12.00.png

Cordas

Foi com um instrumento constituído de uma única corda, o monocórdio, que os filósofos e matemáticos da escola pitagórica descobriram há maid de 2000 anos, todos os princípios matemáticos que regem os intervalos, escalas e harmonia, dando origem ao estudo da teoria musical. Os instrumentos de cordas são importantes na história da música. 

Lecionamos instrumentos de cordas tais como: violino, viola de arco, violoncelo e guitarra. Nossa ambição é gradualmente diversificarmos

Screenshot 2021-10-18 at 23.13.07.png

Sopros

Apesar da dificuldade em encontrar professores sólidos para o ensino dos instrumentos de sopro, o Conservatório MUSIARTE introduziu em 2016 os sopros. Devido a falta de professores a nível local, apenas foi possível introduzir a flauta, o saxofone, a trompeta e algumas aulas de clarinete. O departamento de sopros, está no centro dos nosso desafios e desenvolvimento para os próximos anos. 

Canto 

O Canto é sem dúvida um dos instrumentos mais fascinantes e complexo. Ser um bom cantos não depende somente de talento ou de dom. As pregas vocais são músculos complexos e frágeis. Quer seja para o canto lírico , jazz ou popular, o domínio da técnica vocal é fundamental. Para quem ama cantar é importante ter aulas de canto para cuidar da sua voz e potencializar a utilização. Sintomas como dor de garganta, voz rouca, tosse na emissão de sons agudos, laringite, cansaço ou voz desgastada são sintomas que muitos cantores enfrentam por falta de técnicas e aulas de canto. A escolha de repertório e estilos, fazer parte do saber. O canto é uma das disciplinas chave do nosso conservatório. 

Screenshot 2021-10-18 at 23.13.32.png
Screenshot 2021-10-18 at 23.29.19.png

Teoria Musical 

Como em qualquer área do conhecimento, a teoria musical é a disciplina que estuda a relação entre a simbologia da música e a sua prática. Estudando-a percebemos o "abacedário" da linguagem musical. Esta linguagem é a unica que é verdadeiramente universal,  permitindo um contacto intelectual e emocional sem reservas. A percepção musical, out teoria da música é a coluna vertebral do estudo da música. 

Screenshot 2021-10-18 at 23.29.34.png

Ensembles

O coro infantil é constituído pelas crianças das classes de instrumentos e da primeira infância com o objectivo de promover o canto desde a mais tenra idade. 

VOCALIS

Fundado em 2013, o ensemble VOCALIS apresenta um repertório do clássico ao jazz e uma mistura de canções tradicionais africanas e é o conjunto residente do MUSIARTE. Este conjunto não é apenas um coro, converteu-se numa plataforma de inter-ajuda entre os jovens e adultos que nela participa. VOCALIS interpretou diferente repertório, desde Oratórios, Óperas, Musicais, de Diversos compositores como Rossini, Handel, Bach, Verdi, Mascagni, Leonardo Bernstein, Scott Joplin, Gershwin, entre outros, sobre a direção de Eddy Clayton, Bernardino Beggio, Edd Wolf, e Leon Bosch. VOCALIS é uma das actividades sociais mais activas na qual dedicamos muita atenção e horas de trabalho. 

Screenshot 2021-10-18 at 23.29.52.png
Screenshot 2021-10-18 at 23.30.03.png

ZAMBEZI STRIN QUARTET

O quarteto de corda Zambézia (Zambezi String Quartet) é o ensemble residente do MCC iniciado pela Stella Mendonça e co-fundado pelo violoncelista Theo Bross com a preocupação de criar-se um espelho de refência para os jovens na regiã e unir músicos profissionais da região da SADC. 

Screenshot 2021-10-19 at 17.22.22.png

TALENTOS ÍMPARES

Durante quatro anos, a Seguradora Ímpar financiou 50% em fundos para oito Bolsistas dos quais três estão neste momento integrados como monitores na MUSIARTE após a formação na MUSIARTE e Mobilidades no conservatório Agostino Stefanni, Itália. Encorajamos as entidades empresariais a apostarem na formação de talentos como forma de participação em CSR. Temos neste momento vários bolsistas que estão a formar-se no exterior com o objectivo de voltarem como professores experts em composição, canto e educação musical infantil. 

Screenshot 2021-10-19 at 12.42.28.png

MASTERCLASSES

WORKSHOPS E INCLUSÃO SOCIAL

O workshop e as Masterclasses tiveras durante anos, grande impacto. Permitiram abranger grande público em escolas públicas e privadas como a Escola Americana, a Escola Francesa, a Escola Primária completa Alto Maé, entre outras. Masterclasses são abertas para todos os interessados. Foi através do masterclasse de piano na MUSIARTE por exemplo que descobrimos o talento do Samuel Manhiça, aluna da ECA/UEM a quem ajudamos a beneficiar duma bolsa na Itália.

Screenshot 2021-10-19 at 13.00.43.png